Um novo conceito de marketing é o “branding sensorial”. Esse conceito se baseia basicamente em conectar uma marca ao consumidor através dos 5 sentidos, e este conceito super pode ser aplicado na venda direta.

Para isso, nós, revendedores precisamos usar cores, cheiros… entre outras, para estimular as vendas.

Todo mundo capta e interpreta tudo a sua volta por meio de seus canais perceptivos, que são eles: visual, auditivo e cinestésico. Cada pessoa tem um canal preferencial. O tato e as sensações estão mais presentes nos cinestésicos. Eles são detalhistas com como por exemplo, conforto e maciez. Já os visuais e auditivos, está claro o que lhes estimula.

Sons, cores e cheiros influenciam muito na decisão de compra do cliente. Estimule os sentidos para que o consumo seja feito através das emoções e não da razão.

A música é um estimulo muito bom para conseguir vender mais. Ela é fonte de sentimentos, desencadeia comportamentos e atitudes.

Ter um ambiente legal para realizar as vendas é um diferencial se tratando de venda direta. É interessante também aproveitar os produtos com design mais criativo e elegante, pois eles causam sentimentos e emoções que fazem o consumidor compra-lo.

Cores também influenciam bastante. As pessoas param em frente a lojas que têm vitrines coloridas geralmente, afinal, chama muita atenção.

Cada cor tem suas características de estimular sensações diversas, mas também pode variar a sensação de pessoa para pessoa por vincular determinada cor a coisas do passado.

Conclusão:

Quando for para uma reunião com um cliente, para que consiga melhor resultado de vendas, use os 5 sentidos. Coloque uma música agradável de fundo, apresente o produto da forma mais bonita… e por aí vai!

É de extrema importância que o cliente tenha uma experiencia sensorial expandida, faça ele sentir, ver e ouvir. Desta forma, você vai aumentar seus ganhos mudando a experiência de compra do cliente.

POSTS RELACIONADOS COM VENDA DIRETA:

Como vender produtos eróticos para mulheres
Como vender melhor
– Como aumentar as vendas na crise
Como empreender

Share This