Na venda direta é importante sempre se colocar no lugar do cliente e tentar entender o que ele procura.

Você gosta de ir em uma loja comprar algo e ter um vendedor atrás de você mesmo você já falando que não quer ajuda? Imagino que não, mas mesmo quase ninguém gostando disso, eles continuam fazendo.

Não seja esse vendedor, seja o vendedor na venda direta que o cliente gosta! E para isso temos algumas dicas:

Quais as necessidades do cliente

Quando tiver o primeiro contato com o cliente, procure entender as chances de venda. Descubra as necessidades do seu cliente e então faça uma proposta de produtos adequados para o que o cliente procura.
Faça isso com muita atenção, pois se oferecer coisas que não tem a ver com o que ele procura, vai perceber que você não prestou atenção nas necessidades dele. E recuperar esse cliente vai ser difícil, então não perca a chance de conquista-lo de primeira!

Prazos de validade para as propostas

Toda proposta na venda direta tem um prazo de validade. Então, analise cada proposta e coloque um prazo para o cliente decidir se ele quer realizar a compra, ou não. Se o cliente não voltar a falar contigo e o prazo já ter acabado, vá falar com ele – mas só se o prazo tiver acabado, nada de pressão.

Dessa forma é muito mais provável que consiga fechar a venda do que agindo como o vendedor chato que fica no pé do cliente a todo momento, é importante dar espaço ao cliente!

Mas também não é só nesses pontos que é preciso trabalhar para uma venda bem sucedida, tem o atendimento, conhecimento sobre o produtos, relacionamento com o cliente entre muitas outras coisas.

POSTS RELACIONADOS com venda direta:

Como conquistar clientes na internet
Como vender melhor
– Como aumentar as vendas na crise
Dicas de como ser uma revendedora bem sucedida
– Como empreender

Share This